1º Torneio de Beach Rugby de Itacoatiara

Na sexta feira embarquei com mais oito colegas que treinam rugby comigo com destino à praia de Itacoatiara, Niterói. Com expectativa de aprender e dar o máximo de cada um naquele primeiro campeonato do primeiro time de rugby do Espírito Santo. Fomos ouvindo o melhor de um DVD repleto de mp3 que eu gravei especialmente para chegarmos com sangue nos olhos lá! HEHEHEHE de Anal Bleeding à Krisiun! O décimo jogador, também capitão, Kléverson nós pegamos em Cachoeiro de Itapemirim! Estava nos esperando em um bar! A galera já foi se animando e pegando algumas latinhas e muita gritaria, bagunça e tudo mais. Comprei duas garrafinhas de água, hehe. Com a chegada do “ursinho felpudo” acalmamos nossos ânimos gore-splatter-grind e assistimos os highlights de 6 jogos da Austrália (se não me engano), comentando sobre coisas de jogo e recebendo uma rápida prévia do que seria jogar esse campeonato na areia. No final, ninguém dormiu. O que se deve também a ameaça de, domrindo, ganhar de presente uma foto de sua face acompanhada de 8 “jebas”. Chegamos moídos em Itacoatiara! Fomos reconhecer o alojamento! Uma academia em cima de uma distribuidora de bebidas… A animação foi geral! JAHAHHAA. Era cedo então fomos nos arrumar e dar um pequeno descanso. Na praia, aquele frio na barriga e momento de concentração. Vários times já estavam lá, o clima já era o Rugby! Conversamos muito entre nós, concentrando, tirando dúvidas, brincando um pouco com a bola e tudo mais. Um grande atraso foi computado! O torneio que era para começar as 9:30 começou (com otimismo) às 13h! Nosso jogo era o segundo. Contra os Mamutes, time de Lorena (SP). Aquecemos, alongamos e partimos para dentro. Agora era hora de “Pau dentro” em dois tempos de cinco minutos! Tínhamos um time inteiro de reserva! Não comecei jogando, mas entrei logo que um cansou! Fizemos bons passes, bons rucks e eu marquei um Try! Já estávamos ganhando e quando o jogo acabou fomos perceber! Ganhamos de 4 ou 5 (não lembro) a zero! Dá para imaginar a felicidade do time que joga pela primeira vez e se sái assim, né? No final do jogo, abraços sinceros entre nós, com os adversários! Emocionante o espírito que rolou ali! Batendo palmas e gritando “Vitória” os Mamutes fizeram um túnel e nos parabenizaram! Foi emocionante a sinceridade que rolou! Repetimos o ato com prazer, tiramos fotos com eles, no final descobriríamos muita afinidade com esse time! Fizemos uma pequena reunião, todo mundo muito feliz! Nosso próximo jogo era contra o Niterói. Para esse segundo jogo, tivemos aquela tensão de “será que conseguiriamos manter a linha de jogo?”. Não vou falar muito sobre esse jogo. A arbitragem não ajudou, atrapalhou e sem dúvida o nível de rugby deles era maior que o nosso. Dois jogadores da seleção brasileira juvenil de rugby e muitos anos de treino na nossa frente. Mais uma reunião e de cabeça erguida todos nós sabíamos que tinhamos feito nosso máximo. Experiência não se ganha só com vitórias, é nas derrotas que também crescemos. No terceiro jogo contra o Friburgo, um time com muito mais porte físico que o nosso, não demos um segundo de tranquilidade para eles! Entramos tão duro quanto nossos corpos aguentavam, dei uns dois tackles que quase apaguei de tão fortes! Não lembro a ordem das coisas… Mas nesse jogo, na hora em que pisei no chão, alguém pisou na parte externa na minha canela e meu tornozelo “foi pras cucuias”. Saí na hora e coloquei muito gelo, minha participação como jogador tinha acabado ali. Frustração, raiva, vontade, tristeza, tudo que se pode imaginar eu senti ali… a vontade de jogar era tanta que eu até pensei na possibilidade de entrar manco! Passou rápido a idéia quando eu nem em pé consegui ficar… Quase viramos o jogo! Terminou 2 a 2, e nós estávamos no pique para fazer outro try! Foi emocionante ver o time que haviamso empatado! Naquele dia só jogamos mais um jogo, contra o jacarepaguá, que eu assisti fazendo força ali de fora em cara ruck, virando um pouco a cabeça em cada tackle! Ganhamos nem sei de quanto! Agora me bateu uma grande dúvida se eu joguei também nesse jogo, ou se ele foi antes do jogo contra o friburgo, não sei! As memórias do jogo contra o jacarepagué são tão nítidas que eu não sei mais! Se eu estava do lado de fora, eu me senti jogando também! Tanto que lembro muito bem de quando terminou, eles nos cumprimentando com um “cara, ótimo jogo o de vocês!”. Fizemos outra reuinião, mais uma vez, emocionante! Vimos nítidamente a “cara” do nosso time, o nosso tipo de jogo, limpo, leal, forte raçudo! “Cara, ótimo jogo o de vocês!” é uma das melhores coisas que se pode ouvir sinceramente de outro time de Rubgy! No final do dia, parti para o pronto socorro onde fui atendido rapidinho, enfaixaram meu pé e receitaram um anti-inflamatório. Aqui começa a parte “diferente” do relato. Eu havia prometido que se ganhássemos um jogo, eu beberia no terceiro tempo… BOM… GANHAMOS DOIS JOGOS! Adiei o começo do anti-inflamatório e parti pra janta! Jantamos como um time de pedreiros/estivadores e depois fomos para um barzinho onde tinha que pagar pra entrar e a cerveja era cara… logo… voltamos pra o restaurante onde tinha um preço camarada e o pessoal do Mamutes tava lá! Juntamos a mesa e o meu querido e pequeno amigo Igor Martins chamou o garçon: “Garçon! aqui o pessoal bebe muito rápido, então você faz o seguinte, de cinco em cinco minutos, você vem com mais três garrafas, beleza?”. Rachamos de tanto rir! Dito e feito! de 5 em 5 minutos tinha mais cerveja, eu virei alguns (bastentes…) copões (copos GRANDES)! A galera do Mamutes fazendo farra também! Brindamos a eles! Brindamos a minha bebedeira! Aprendemos um brinde irado com os caras! Que no final vc virava o copo e tinha que comprovar que virou virando o copo de cabeça pra baixo em cima da sua próprioa cabeça… Doidera! Fiquei bêbado… Isso não vai se repetir! Só foi uma ocasoão extremamente muito especial! Fizemos dancinha! O Igor brincou da briga da colher e arregou (não vou explicar como é! peça para brincar! AHUSHUSAUHSAUHASUHSAUHSHUAHUAS) Foi irado! No final, POR CAUSA DO MEU PÉ, eu fui carregado pelo pilão até o alojamento onde dormi vendo tudo rodar… ASHUSAHUUHSAHUSAHU
No outro dia, sem ressaca, comi um pouco, tomei o anti-inflamatório e encerrei a putaria. Fomos tomar café, voltamos, fizemos hora, jogamos truco, brincamos de maul com a pilastra, presenciamos vários homens muito fortes, muito fortes, trocando de roupa (na frente de uma vidraça!). Coloquei uma sacolinha no pé e fui para a praia… Bem, mais dois jogos. Contra o Vila Real e Neverland. Perdemos um e ganhamos o outro (eu acho). Foda-se, jogamos pra caralho e ficamos felizes! Não nos importamos muito mesmo com isso, só com nossa qualificação geral: TERCEIRO LUGAR! Fomos disputar a Taça de Prata com o NeverLand, perdemos e acabamos em quarto! Muito orgulhosos de onde havíamos chegado e com uma diferença muito grande, não éramos mais 10 colegas que embarcaram para um torneio, somos um time, amigos, uma família. (ponto!)
Felizes da vida (exceto a galera reclamando da cerveja quente) ficamos conversando com a galera ali no final! Friburgo foi campeão (nós empatamos com eles)! Trocamos camisas! Foi muito legal! Partimos pro alojamento, tomamos aquele banho! O Bomba, um negão extremamente forte, ficou dando em cima do Árabe! Fez o nosso amigo hablador rajante pegar nos peitos definidos dele, “vou comer teu cu! tá duvidando?”! Choramos de rir! Ele montou no Igor também! Cantou a minha pessoa, o cara tava muito doido! UASHUASHUHUASHUASUHASHASU. O Árabe tirou sua primeira foto com uma menina!
Fomos para o pizzaria a rodízio, pilão comeu chantili na comida salgada, uma bagunça. Prejuízo total! UAHSHSAUHSA. Tudo acabou na farmácia tomando Bicarbonato de Sódio! Entramos na van e voltamos ouvindo slayeeeeeeeeeeeer! Dormi a viagem inteira! É isso ai! 1 2 3 VITÓRIA!

Anúncios

~ por Alfredo em abril 23, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: